Na madrugada de 27 de janeiro de 2013 um incêndio provocado pelas faíscas de um sinalizador externo usado no interior da boate, em contato com o teto altamente inflamável e tóxico, provocou a morte de 235 pessoas e deixou mais de 650 feridos. os dias que se seguiram ao incêndio, outras 7 pessoas vieram a falecer. Na boate estima-se que haviam mais de mil pessoa no dia da tragédia.